Buscar

Quando a arte de contar histórias vai mal na sociedade...



Quando eu tinha uns 5 anos de idade acreditava que era importante conquistar coisas, mesmo que fossem apenas brinquedos. Claro que não fez sentido por muito tempo, afinal de contas a experiência com cada "coisa" passou a ser mais importante.

E foi com essa ideia que acreditei ser o principal sentido da vida e propósito do meu trabalho como nutricionista: proporcionar experiências positivas e memoráveis. O objetivo era viver o maior número de experiências possíveis em minha vida e também ajudar outras pessoas a conquistarem suas experiências.

Mas e se eu te disser que isso não basta?

Quando a arte de contar histórias vai mal na sociedade, o resultado é a decadência. - Aristóteles

Quem é você? Como chegou até aqui? Quais são as histórias de suas experiências? Quais seus medos? Superações?

Quando faço essas perguntas às pessoas e até mesmo para nutricionistas, muitos não conseguem responder. Que tal tirarmos um tempo para repensarmos nossas histórias para compartilharmos ao mundo?

#Insight

CONTATO

Francisco Beltrão - Paraná

​​contato@alimentesaude.com

© Direitos reservados à Eduardo Szpak. Imagens de arquivo pessoal.